Menina de 10 anos faz campanha contra brinquedos de plástico descartáveis e obtém uma grande vitória

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Uma grande rede de supermercados do Reino Unido, motivada pela campanha de Skye, decidiu remover de suas prateleiras revistas infantis contendo brinquedos de plástico. 

Skye Neville tem apenas 10 anos e, com sua campanha contra o plástico no setor editorial, ela já conseguiu convencer a Waitrose, uma rede de supermercados do Reino Unido, a parar de vender revistas infantis que contêm brinquedos de plástico descartáveis. Sem dúvida uma grande vitória na luta contra os resíduos plásticos!

skye-neville

©Hannah Neville

A campanha de Skye começou em novembro do ano passado quando, cansada de receber brinquedos de plástico inúteis “baratos” e de “baixa qualidade” junto com suas revistas favoritas, decidiu convidar editores de revistas para melhorar sua pegada ambiental e parar de doar lixo plástico.

“Estou muito preocupada com a quantidade de plástico que ainda está sendo produzido, jogado fora e poluindo nossos oceanos e o meio ambiente. É por isso que quero que as editoras de revistas e quadrinhos realmente se preocupem com o meio ambiente e parem de dar brinquedos de plástico com suas publicações”, diz sua petição em change.org.

skye-neville

©Hannah Neville

A iniciativa chamou a atenção de políticos e ativistas ambientais que elogiaram o empenho de Skye. Alguns deles também aderiram e se comprometeram a realizar ações concretas em favor de sua campanha. Na internet, milhares de pessoas já assinaram a petição.

skye-neville

©Hannah Neville

Fairbourne, a cidade costeira do País de Gales onde vive Skye, está ameaçada pelas mudanças climáticas. A costa, devido à subida do nível do mar, está rodeada por barreiras de proteção que, devido ao elevado custo de manutenção, deixarão de funcionar em 2050. Por esta razão, o conselho de Gwynedd deverá começar a deslocar os habitantes das aldeias antes disso data.

 Elimine o plástico das revistas também no Brasil

A luta contra o plástico não pode ser vencida sem o empenho de todos. Para isso, Skye, em uma entrevista à GreenMe italiana fez outro pedido:

“Seria ótimo se o povo italiano também concordasse com minha campanha e os editores e o governo tomassem medidas para evitar a poluição da produção de plástico. Não é mais suficiente reciclar plástico, sua produção deve ser limitada ”, disse Skye em entrevista ao greenMe italiana.

Esse pedido vale para o mundo todo. E nós, brasileiros, também devemos colaborar.

 O que podemos fazer?

  • A primeira regra de ouro antes de comprar qualquer produto é sempre se perguntar se eles são realmente necessários.
  • Fazer escolhas conscientes na hora de comprar revistas e quadrinhos, evitando aqueles que contenham objetos de plástico ou brinquedos.
  • Como Skye, podemos escrever para os editores de revistas como Panini, Tridimensional, Centauria Editori, Mattel e mais, convidando-os a reduzir sua pegada de carbono, eliminando o plástico em seus produtos.
  • Assine também o pedido de Skye aqui no change.org

Os pais de Skye se sentem orgulhosos da jornada de sua filha e esperam que suas ações inspirem outros jovens a perceber que sua voz também pode ser ouvida. Não poderíamos estar mais de acordo, esta menina mostra-nos que todos, independentemente da idade, podem fazer algo de concreto para defender o nosso planeta.

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Jornalista freelance, nascida em 1977, formada com honras em Ciência Política, possui mestrado em Responsabilidade Corporativa e Ética e também em Edição e Revisão.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest