A França oferece anticoncepcionais gratuitos para mulheres com menos de 25 anos

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Com essa manobra, o governo francês tenta promover o uso de anticoncepcionais entre os muito jovens, pois o número de gravidezes indesejadas e abortos ainda é muito alto

Mulheres jovens na França terão acesso gratuito a sistemas anticoncepcionais a partir do próximo ano. É o que informou o ministro da Saúde da França, Olivier Véran. A medida abrangerá sistemas de contracepção hormonal, testes de gravidez, consultas médicas e exames de controle de natalidade e será válida para todas as mulheres com menos de 25 anos. Para mulheres com mais de 25 anos, os custos dos sistemas anticoncepcionais são reduzidos em 65%. Uma manobra que vai custar ao sistema de saúde francês, segundo estimativas iniciais, cerca de 21 milhões de euros por ano.

Há uma diminuição do uso de anticoncepcionais entre os jovens, e a principal razão para isso é econômica – disse o ministro em entrevista à emissora de televisão França2. – Custa muito. Não é aceitável que as mulheres não possam se proteger porque não podem arcar com os custos.

O limite estabelecido aos 25 anos deriva de dois fatores: primeiro, espera-se que após essa idade as mulheres sejam mais independentes economicamente e possam arcar com os custos da contracepção; além disso, a partir dos 25 anos, os jovens não estão mais sob a cobertura de saúde dos pais.

Não é a primeira medida que a França toma nesse sentido: desde 2013, os sistemas anticoncepcionais passaram a ser gratuitos para crianças entre 15 e 18 anos, enquanto a partir de agosto de 2020 a anticoncepção passou a ser gratuita também para crianças menores de 15 anos. levaram a uma redução significativa no número de gravidezes indesejadas e abortos nos últimos anos.

 Fonte: França2

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest