Amazon toma medidas contra avaliações falsas (obtidas por meio de incentivos): mais de 600 marcas chinesas proibidas

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

São mais de 600 marcas chinesas que foram recentemente banidas da Amazon por um motivo muito grave, nomeadamente por terem violado as políticas de críticas, que desde 2016 proíbem a criação de um sistema de incentivos em troca de críticas positivas. Marcas que agora foram finalmente bloqueadas tentaram gerar críticas positivas sobre seus produtos usando vários truques: por meio de programas VIP, cupons e extensões de garantia. De acordo com a empresa sediada em Seattle, esta é a maior proibição dos últimos anos, dada a quantidade de marcas envolvidas.

Os diversos produtos eram vendidos na conhecida plataforma de e-commerce por cerca de 3.000 vendedores , que até agora conseguiram burlar as regras existentes.

Os usuários contam com a precisão das análises de produtos para fazer compras informadas e temos regras precisas que se aplicam a revisores e vendedores, que proíbem o abuso das opções que oferecemos à nossa comunidade “- explicou Amazon – Suspendemos, banimos e tomamos medidas legais contra qualquer pessoa que não respeite essas políticas, onde quer que esteja no mundo ”.

Nos últimos meses, a gigante do comércio eletrônico já havia retirado vários produtos de marcas chinesas como Aukey, Mpow, RavPower, Vava e TaoTronic. Mas isso foi apenas a ponta do iceberg. Artigo publicado recentemente no Wall Street Journal por um jornalista que encontrou um cartão-presente de US $ 35 (que poderia ser usado em troca de uma crítica positiva).

Todas as práticas que penalizam aqueles que vendem honestamente online, bem como os clientes que dependem de avaliações falsas. Se nos próximos dias você notar que algumas marcas chinesas não estão mais presentes na Amazon, agora você sabe por quê.

Fonte: The Verge / Twitter

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Nascida e criada em São Paulo, é publicitária formada pela Faculdade Cásper Líbero e Master em Programação Neurolinguística. Trabalha como redatora publicitária, redatora de conteúdo e tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por animais e viagens, morou no Canadá e no Uruguai, e não dispensa uma oportunidade de conhecer novos lugares e culturas.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest