Descoberta sensacional: manuscrito latino revela que a América já era conhecida 150 anos antes da expedição de Colombo

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Um projeto da Universidade Estadual de Milão identificou a primeira menção à América em um manuscrito latino que remonta a 1340, 152 anos antes da expedição de Cristóvão Colombo

Temos certeza de que foi Cristóvão Colombo quem descobriu a América em 1492? Segundo uma nova pesquisa feita por um grupo de estudiosos italianos, o Novo Mundo já era conhecido cerca de 150 anos antes da expedição do grande navegador. Dentro de uma obra medieval inédita, escrita pelo dominicano Galvano Fiamma por volta de 1340, há uma referência a uma terra distante, localizada do outro lado do Atlântico.

Esse “pequeno” detalhe que poderia reescrever a história é revelado pelo resultado de um projeto científico e didático realizado pelo Departamento de Estudos Literários, Filológicos e Linguísticos da Universidade Estadual de Milão.

A referência à América presente na obra de um frade milanês

A menção do que parece ser a América encontra-se na Cronica universalis do frade milanês Galvano Fiamma, autor de várias crônicas escritas no período Visconti. Dentro desse trabalho, ainda em estudo pelo projeto, há uma referência a um terreno denominado Marckalada , muito semelhante ao denominado Markland nas sagas nórdicas.

Na verdade, as explorações nas costas setentrionais do Atlântico já haviam sido realizadas em séculos anteriores por navegadores Viking, mas deixaram poucos vestígios nos contos semi-lendários. Até agora, porém, a notícia da existência de terras além do Atlântico nunca havia sido documentada fora da Escandinávia. Mas as descobertas feitas pelos estudiosos do Estado de Milão revelam que ainda mais ao sul essa terra já era conhecida.

Aqui está a tradução (livre) para o português da passagem escrita em latim na qual é feita referência a este território distante:

“Marinheiros que navegam pelos mares da Dinamarca e da Noruega dizem que além da Noruega, ao norte, fica a Islândia. Mais adiante, há uma ilha chamada Grolandia…; e mais a oeste, há um terreno chamado Marckalada. Os habitantes do lugar são gigantes: há edifícios de pedras tão grandes que nenhum homem seria capaz de colocá-los no lugar, senão gigantes muito grandes. Árvores verdes crescem lá e muitos animais e pássaros vivem lá. Mas nunca houve nenhum marinheiro que soubesse com certeza as notícias desta terra e de suas características ”.

Cronica Universalis, uma obra inédita com mil surpresas

Estudiosos suspeitam que a notícia chegou ao frade dominicano de Gênova, cidade com a qual o escritor teve contato, e que os marinheiros a que se refere são navegadores genoveses que faziam comércio com as regiões do norte.

A menção à América é apenas uma das surpresas que a Cronica universalis de Galvano Fiamma reserva – explica Paolo Chiesa, professor de literatura latina medieval e humanística e coordenador do estudo -, ainda que provavelmente a mais sensacional. É uma obra inédita, sobre a qual construímos um projeto pedagógico no qual vários alunos colaboraram com suas teses, dividindo a transcrição do manuscrito e a depuração do texto. Os alunos aprenderam muito com essa experiência e agora também têm a satisfação de ver que seu trabalho tem um resultado científico surpreendente.

Mas o trabalho dos estudiosos da Universidade de Milão não para por aí. O próximo passo da pesquisa é a publicação da íntegra da Cronica universalis, que atualmente se encontra nos Estados Unidos, mas que em breve estará à disposição da comunidade.

 

Fonte: Universidade de Milão

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Graduada em mídia, comunicação digital e jornalismo pela Universidade La Sapienza, ela colaborou com Le guide di Repubblica e com alguns jornais sicilianos. Para a revista Sicilia e Donna, ela tratou principalmente de cultura e entrevistas. Sempre apaixonada pelo mundo do bem-estar e da bio, desde 2020 escreve para a GreenMe.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest