Incrível! Encontrado um pente de barba com mais de 1.500 anos

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Na Baviera, Alemanha, os arqueólogos descobriram um homem de mais de 1.500 anos pertencente a um homem, com idades entre 40 e 50, que foi enterrado com uma valiosa sepultura (que também incluía um cavalo) que pode nos fornecer muitas pistas sobre as condições de vida da época. O rico do túmulo não estava sozinho: ao lado dele foram encontrados os restos mortais de uma mulher um pouco mais jovem, enfeitada com joias e joias típicas do equipamento funerário.

Analisando os objetos do kit, os arqueólogos perceberam que se tratava de um homem rico: de fato, no túmulo foram descobertas joias, armas refinadas (inclusive um machado e um escudo) e até uma ânfora do Norte, felizmente considerado intacto e decorado com símbolos mágicos ou talvez com as iniciais do nome do proprietário. Esta é a clara demonstração dos contatos intercontinentais que já existiam na época, no século V ao VI dC.

O que mais surpreendeu os estudiosos, porém, foi a presença de um pente masculino, em marfim, usado para o cuidado da barba – encontrado junto com uma tesoura, provavelmente com a mesma finalidade. Enquanto os pentes eram um objeto bastante comum em tumbas mais antigas (mesmo na Europa), encontrar tal objeto em uma tumba bastante recente como a que acabou de ser descoberta é uma raridade.

ritrovamento pettine 1.500 anni fa

I resti dell’uomo proprietario del pettine (@ Bayerisches Landesamt für Denkmalpflege)

Após um cuidadoso trabalho de restauração (o favo ficou muito danificado com o passar do tempo), foi possível observar como os dois lados do objeto foram ricamente decorados com imagens que remetem à atividade de caça: de fato é possível ver animais semelhantes às gazelas correndo, escapando de seu predador – que não parece se assemelhar a nenhum dos animais encontrados na Europa na época, sugerindo que a cena de caça não ocorreu na Alemanha, mas no deserto da África. O pente, portanto, pode ter uma origem distante e representar um exemplo de refinado artesanato africano. Como acabou em um túmulo no norte da Europa ainda não está claro: provavelmente foi um presente dado a uma influente figura política ou administrativa, ou foi o resultado de relações comerciais internacionais.

ritrovamento pettine 1.500 anni fa

I resti della donna (@ Bayerisches Landesamt für Denkmalpflege)

A tumba foi encontrada em Nördlinger Ries, no sul da Alemanha, em uma antiga vila no município de Deiningen. Mais de 100 tumbas antigas já foram descobertas nesta área desde 1930 – uma delas contém os restos mortais de dois jovens enterrados de mãos dadas.

Fonte: Bayerisches Landesamt für Denkmalpflege

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Com 25 anos e licenciada em Línguas Estrangeiras. Sempre esteve atenta às questões ambientais e visando um estilo de vida eco-sustentável. No seu pequeno caminho tenta minimizar a pegada ambiental com escolhas responsáveis, respeitando a natureza que a cerca.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest