Ponto de inflexão histórico em Honduras: Xiomara Castro é a primeira mulher presidente do país

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Agora é oficial: Honduras tem sua primeira presidente mulher, bem como a primeira presidente de esquerda em mais de dez anos. De acordo com os resultados preliminares do Conselho Eleitoral Nacional, com 40% dos votos apurados, Xiomara Castro da Libertad y Refundación (Libre), esposa do ex-presidente Manuel Zelaya, teve 53,5%, enquanto Nasry Asfura, candidata do Partido Nacional em poder, ele tinha 34%.

Castro, de 62 anos, havia entrado em campo entre mais de uma dúzia de outros candidatos, e sua candidatura já havia sido saudada como um provável triunfo que encerraria uma dezena de anos de governo conservador e restauraria a esquerda ao poder pela primeira vez desde que Zelaya foi derrubado no golpe de 2009.

Os resultados pareciam estar caminhando para um resultado muito mais claro do que nas eleições anteriores, quando irregularidades na contagem dos votos geraram enormes protestos e levaram o presidente em exercício, Juan Orlando Hernandez, a assegurar um segundo mandato.

Após o fechamento das urnas, os funcionários do Partido Nacional rapidamente reivindicaram a vitória, depois que já se falava de um “comparecimento histórico”.

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Jornalista freelance, nascida em 1977, formada com honras em Ciência Política, possui mestrado em Responsabilidade Corporativa e Ética e também em Edição e Revisão.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest