Turista holandesa multado por tirar foto enquanto fazia saudação nazista em Auschwitz

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

O antigo campo de extermínio de Auschwitz-Birkenau é um lugar onde se deve entrar na ponta dos pés, com silêncio sagrado e respeito pelos milhões de judeus mortos barbaramente pelos nazistas. Ainda há quem tenha pensado em ficar em frente ao portão de entrada, onde está a famosa escrita “Arbeit Macht Frei”, com o braço estendido para imitar a saudação nazista. A protagonista da história vergonhosa é uma turista holandesa de 29 anos, que pediu ao marido para tirar uma foto dela enquanto fazia apologia o nazismo.

Seu gesto, no entanto, não passou despercebido e policiais poloneses a prenderam sob acusação de propaganda nazista, crime que pode custar até dois anos de prisão na Polônia.

A mulher justificou-se imediatamente dizendo que era apenas uma “brincadeira de mau gosto” e no final foi libertada pela polícia, que optou por uma multa que a turista concordou imediatamente em pagar.

Infelizmente, esta não é a primeira vez que alguém é preso por tal comportamento. Em 2013, dois cidadãos turcos foram multados e sentenciados a seis meses de prisão por uma saudação nazista no campo de extermínio polonês. A turista holandesa se saiu bem.

Fonte: Rp.Pl

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Graduada em mídia, comunicação digital e jornalismo pela Universidade La Sapienza, ela colaborou com Le guide di Repubblica e com alguns jornais sicilianos. Para a revista Sicilia e Donna, ela tratou principalmente de cultura e entrevistas. Sempre apaixonada pelo mundo do bem-estar e da bio, desde 2020 escreve para a GreenMe.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest