Por que a Nestlé foi forçada a tirar o KitKat das prateleiras na Índia

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

A Nestlé retirou os pacotes KitKat na Índia após uma controvérsia que alarmou as mídias sociais e sites de notícias. Antigas pinturas rupestres sagradas, encontradas no Templo do Sol Konarak, foram reproduzidas nas embalagens das famosas barras de chocolate, representando as divindades Jagannath, Balabhadra e Subhadra.

Para a comunidade indiana isso era um ato de ofensa, uma verdadeira indignação: tudo era percebido como um convite ao consumo de um produto guloso, porém, arrancando a imagem das divindades sagradas da embalagem para dar uma mordida no famoso biscoito.

A empresa, através do twitter We care at Nestlé, respondeu às muitas mensagens de indignação afirmando que as embalagens foram pensadas para celebrar lugares bonitos mas também a cultura, arte e habilidade dos artesãos. A Nestlé então assegurou que havia começado a retirar essas embalagens das prateleiras, pedindo desculpas por esse desrespeito que, sem querer, feriu os sentimentos de muitas pessoas.

Não é o primeiro deslize do gigante americano na Índia. Em abril de 2021, ele usou a imagem de um panda vermelho abordado no Parque Nacional Keibul Lamjao de Manipur, em Meghalaya, que, no entanto, não hospeda nenhum espécime. O lanche ofensivo? Um KitKat.

Fontes: Twitter Nestlé Índia

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest