Por que irmãos gêmeos que tiveram a mesma educação podem ser tão diferentes?

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Se tem uma coisa que aprendemos desde criança é que irmãos podem ser completamente diferentes uns dos outros —e não apenas fisicamente. A dupla bíblica Caim e Abel, o quarteto de “Tartarugas Ninja” e os sete anões de Branca de Neve são exemplos. Receberam a mesma genética e criação, dividiam o mesmo lar, mas eram completamente opostos no jeito de ser.

Até gêmeos apresentam personalidades diferentes e as explicações para isso é que cada ser humano é único, assim como as impressões digitais. Somos resultado de uma mistura de características hereditárias, ambiente em que crescemos e frequentamos, experiências que nos marcam em diferentes fases da vida, ensinamentos, autorreflexões, hormônios, hábitos. São muitos fatores e até a ordem de nascimento influenciar!

“A ordem de quem nasceu primeiro ou por último não é determinante, mas tem seu papel na percepção de mundo da criança. Em muitos casos, os pais criam expectativas em relação ao segundo filho, com base no primeiro, alimentando uma competitividade no menor e até baixa autoestima”,

diz Leide Batista, psicóloga pela Faculdade Castro Alves, em Salvador (BA).

Evite comparar os irmãos

A educação que se recebe em casa ou na escola pode ser uma só, mas nem sempre é dada da mesma forma, o que pode contribuir —e muito— para acentuar as diferenças entre irmãos e até gerar uma inimizade entre eles. Isso pode ter a ver com idade (o mais velho ser mais cobrado, o mais novo protegido, por exemplo), mas também com a identificação, ou não, dos adultos.

Os pais, cuidadores, professores podem fazer distinção entre os irmãos pela aparência, forma como se apresentam, se expressam, fazem escolhas.

“Mas, o pior, principalmente em brigas, é tomarem partido, não acolherem as diferenças e não insistirem na negociação entre os irmãos, propiciando um convívio nocivo, e evitando que se mantenham amigos”,

informa Paula Diniz Vicentini, psicóloga da Clínica Personal, da Central Nacional Unimed.

Crianças com tendência a serem introspectivas, imaginativas, sensíveis e menos afáveis estão propensas a se tornarem alvo fácil de hostilidades, por falta de preparo e instrução de quem deveria as acolher. Daí a importância de se trabalhar inclusão e diversidade nas instituições, para que garantam isso e orientem aos pais quanto ao seu papel no processo educacional.

Traços comportamentais e interesses pessoais podem fazer com que irmãos tomem caminhos distintos, que vão “moldá-los” e assim as diferenças entre eles acabam se acentuando ainda mais. Quem é autodisciplinado, persistente, pode querer estudar, ampliar conhecimentos, enquanto alguém com perfil oposto, dificilmente agirá igual e obterá as mesmas descobertas, mas poderá também ser muito bem sucedido em outra área.

“A teoria psicanalítica Freudiana entende que a personalidade se forma até os seis anos, mas não é nada rígido, imutável. As pessoas também ganham repertório e se modificam de acordo com o meio e as relações que escolhem mais para frente”,

explica Joeuder Lima, doutorando em psicologia pelo IESLA (Instituto de Educação Superior Latino-Americano), de Palmas (TO).

Quanto mais diversos forem os contatos estabelecidos, estímulos recebidos e experiências, maiores também serão as habilidades desenvolvidas. Do contrário, a pessoa ficará estagnada, embora possa acompanhar o outro até certo nível, e isso repercute em mais disparidade entre os dois, do ponto de vista de criatividade e capacidade para resolver desafios.

Fonte: Uol

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Nascida e criada em São Paulo, é publicitária formada pela Faculdade Cásper Líbero e Master em Programação Neurolinguística. Trabalha como redatora publicitária, redatora de conteúdo e tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por animais e viagens, morou no Canadá e no Uruguai, e não dispensa uma oportunidade de conhecer novos lugares e culturas.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest