12 de junho – Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Cerca de 168 milhões de crianças trabalham, segundo dados da UNICEF. Somente no Brasil são 2,4 milhões de crianças e adolescentes, entre 5 e 17 anos, vítimas de trabalho infantil, de acordo com levantamento da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Nenhuma delas deveria estar trabalhando, mas essa é a realidade em muitos países. Pensando na importância de evitar que as crianças percam a infância toda sendo mão de obra, quando deveriam estar brincando e aprendendo, é que a OIT definiu 12 de junho como Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil.

A data foi criada em 2002 para servir como alerta para o fato de que é algo comum em muitos países que as crianças comecem a trabalhar cedo, e, muitas vezes, em condições insalubres e desumanas.

Nesse ano, o Ministério Público do Trabalho vai promover uma campanha nacional intitulada “Criança Não Deve Trabalhar, Infância é para Sonhar”, visando conscientizar e reforçar a importância de combater o trabalho infantil.

Embora, no Brasil, essa seja uma data comercialmente voltada para o Dia dos Namorados, é essencial que as pessoas lembrem que além da comemoração romântica existe um outro marco incômodo, que deve ser combatido com força pelos governantes e pela população.

Talvez te interesse ler também:

6 MULTINACIONAIS ENVOLVIDAS COM TRABALHO ESCRAVO E EXPLORAÇÃO INFANTIL

TRABALHO INFANTIL NO BRASIL CRESCE, DIZ ESTUDO

TRABALHO INFANTIL: DESEMBARGADORA QUE TRABALHOU NA INFÂNCIA É HOJE REFERÊNCIA NA LUTA CONTRA A EXPLORAÇÃO DE MENOR

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Paulistana formada em Jornalismo pela Universidade de Santo Amaro, tem o blog Mamãe me Cria e escreve para GreenMe desde 2017.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest