Tragédia no supermercado: em Roma, menina de 16 meses é esmagada por carrinho de compras

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Uma tragédia aconteceu esta semana em Roma. Uma menina de 16 meses está em estado grave. Ela estava no supermercado com a mãe, posicionada no carrinho. A mulher estava fazendo compras quando o carrinho capotou.

A criança foi esmagada pelo peso e está em estado grave. Devido às graves condições, foi necessária a intervenção do helicóptero de resgate para transportar a criança ao hospital San Camillo.

Não sabemos a dinâmica exata do acidente, as causas serão apuradas pelos investigadores. Não podemos deixar de desejar boa sorte ao bebê.

Como evitar acidentes com carrinhos de crianças

Para compreender, de uma forma geral e sem nos referirmos absolutamente a esta tragédia específica, quais são os comportamentos corretos a ter quando colocamos os nossos pequenos no carrinho, falamos com Mirko Damasco, presidente da associação Salvagente, que possui o intuito de divulgar a cultura de primeiros socorros.

“Devíamos entender como esse carrinho capotou, mas não sabemos a dinâmica. Serão feitas todas as avaliações necessárias que irão apurar a dinâmica. Em geral, e sem conhecer o caso em questão, podemos dizer aos pais que nunca larguem carrinho, pois a criança, principalmente de determinado peso, poderia fazer movimentos bruscos, empurrando-se para a direita e para a esquerda, de forma a provocar um capotamento. Como regra geral, portanto, as crianças nunca devem ser deixadas sozinhas, soltando-se para pegar os produtos nas bancadas ou nas prateleiras”

Um problema notório nos EUA

Infelizmente, os acidentes de carrinho de compras com uma criança a bordo são muito mais frequentes do que imaginamos. De acordo com um estudo realizado nos Estados Unidos, publicado na Pediatrics e conduzido por Gary Smith, diretor do Center for Injury Research and Policy (CIRP) do Columbus Children’s Research Institute, a cada ano mais de 20.000 crianças acabam no pronto-socorro devido a acidentes relacionados com o carrinho de compras. Fraturas são o diagnóstico mais comum (45%) dos pequenos pacientes hospitalizados. Lesões de cabeça e pescoço representaram 79% dos que requerem tratamento de emergência. Infelizmente, também houve mortes por quedas de carrinhos e capotamentos. De acordo com Smith:

“O redesenho do carrinho de compras para evitar quedas e capotamentos passivos (ou automáticos), como sentar crianças perto do chão em um carrinho, oferece a melhor proteção contra essas lesões, pois evita a necessidade de ações humanas frequentes e vigilância. Infelizmente, o padrão de segurança atual para carrinhos de compras nos Estados Unidos não aborda adequadamente o desempenho das restrições de carrinhos e nem aborda capotamentos. Este padrão de segurança deve ser reforçado para prevenir eficazmente essas lesões”.

Todas as regras para transportar crianças com segurança em carrinhos de compras

  • Não carregue a criança indevidamente (em pé ou sentada no carrinho)
  • Não deixe o carrinho sem vigilância
  • Use um carrinho com cadeira de criança o mais baixo e próximo do solo possível
  • Escolha carrinhos que pareçam estáveis ​​e não oscilem
  • Sempre use as alças de segurança do carrinho de compras
  • Certifique-se de que o cinto fique bem ajustado ao seu bebê e que as pernas do bebê estejam posicionadas nas aberturas adequadas
  • Evite colocar portinhas de bebê em carrinhos de compras
  • Certifique-se de que seu filho permanece sentado
  • Mantenha as crianças longe das rodas
  • Conscientize as crianças mais velhas sobre o perigo de tombar se tentarem empurrar ou se pendurar nele.

Força, criança!

Fontes: Nationwidechildren , Sagepub , Eurkeralert , Leggo

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Jornalista freelance com especialização em editoração, comunicação, multimídia e jornalismo. Em 2011 ganhou o prêmio Dear Director e em 2013 recebeu o prêmio Jounalists in the Grass, devido à sua entrevista com Luca Parmitano.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest