Jogador turco se recusa a usar camisa contra a guerra na Ucrânia. Mas o motivo nos faz pensar

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

O jogador turco Aykut Demir, capitão do Erzurumspor, se recusou a vestir uma camiseta contra a guerra na Ucrânia antes de uma partida da segunda divisão do futebol da Turquia. Sua atitude chamou a atenção da internet.

Aykut Demir foi o único jogador a não usar uma camisa que continha uma mensagem de paz pela Ucrânia e ele recebeu inúmeras críticas pela atitude.

Contudo, o capitão deu uma entrevista ao jornal Fanatik, ese justificou alertando sobre os vários outros conflitos ao redor do mundo, e que não ganham tanto destaque quanto a guerra no país europeu:

– Milhares de pessoas morram a perseguição estão fazendo essas coisas quando isso acontece na Europa. Não gosto de usar essa camisa porque não foi feita para esses países em todos os dias no Oriente Médio. Eu também me sinto mal. Compartilho a dor de pessoas inocentes. Aqueles que ignor- afirmou o jogador.

Desde 2014, a região de Donetsk se declarou independente da Ucrânia e por conta dos conflitos geopolíticos, o Shakhtar teve que deixar a cidade de origem e atuar em Kiev. O mesmo acontece com a região de Luhansk. Na última segunda-feira, Vladimir Putin, presidente da Rússia, reconheceu a independência das duas províncias.

Na última quinta-feira (24), a Rússia decidiu invadir militarmente a Ucrânia com o argumento de que está atuando em defesa das reivindicações territoriais. No entanto, há pouco esclarecimento se a nação de Putin busca apenas garantir a soberania de Donetsk e Luhansk ou se planeja se expandir territorialmente.

A atitude de Demir realmente nos faz pensar por que a vida dos europeus é mais valiosa do que a de asiáticos, africanos e até indígenas que estão sofrendo para defender suas terras em meio a ataques externos. O mundo está verdadeiramente comovido ou tudo não passa de interesse e política?

 

Fonte: msn

 

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Nascida e criada em São Paulo, é publicitária formada pela Faculdade Cásper Líbero e Master em Programação Neurolinguística. Trabalha como redatora publicitária, redatora de conteúdo e tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por animais e viagens, morou no Canadá e no Uruguai, e não dispensa uma oportunidade de conhecer novos lugares e culturas.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest