Nervo ciático: tente resolver com remédios naturais

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Não existe nada pior do que a dor no nervo ciático ou dor ciática. Esta dor nos acomete geralmente quando o nervo ciático está irritado, inflamado ou mesmo quando sofreu alguma lesão por compressão.

Veremos como tentar resolver a dor no nervo ciático com remédios naturais, ou ao menos tentar aliviar as dores causadas por esta irritação e inflamação. Antes porém vejamos o que é o nervo ciático, quais são as causas da dor bem como prevenir este mal.

O que é nervo ciático

O nervo ciático é o principal nervo dos membros inferiores, sendo, portanto, responsável por controlar as articulações do quadril, joelho e tornozelo, além dos músculos posteriores da coxa e os músculos da perna. É ele quem nos dá a sensação de sentir as nossas pernas, seja quando elas estão relaxadas, seja quando elas estão doloridas.

Normalmente o nervo ciático se estende da parte inferior das costas até a coxa da perna (liga o hálux à região lombar), praticamente debilitando quem está acometido por esta dor. É muito comum que esta dor comece por algum movimento de mau jeito ou mesmo após passar anos sentado incorretamente em um escritório ou de pé no trabalho.

Quando ele dói, a dor é para valer. Sem falar que os movimentos dos membros inferiores ficam comprometidos por essa dor aguda.

Causas da dor ciática ou da dor no nervo ciático

É extremamente comum que a dor ciática ou do nervo ciático seja causada por uma hérnia de disco. Além disso, também pode ser causada por alguma infecção ou mesmo lesão na coluna vertebral. Há casos em que a gravidez, por alterar a anatomia da mulher, pode também ser responsável por problemas no nervo ciático, causando assim uma dor insuportável.

É normal que a dor ciática ou do nervo ciático desapareça com o tempo, no entanto, por ser uma dor extremamente insuportável (podendo causar muitos outros problemas como stress, enxaqueca e etc.) é normal que se procure um alívio rápido e quase imediato para que o sofrimento cesse.

Embora a melhor escolha seja procurar um médico, veremos aqui o primeiro teste com remédios naturais que auxiliarão no alívio da dor ciática ou do nervo ciático.

Sintomas de inflamação do nervo ciático

Quando o nervo ciático está inflamado, alguns sintomas se apresentam no corpo, tais como:

  1. Formigamento, dormência ou choque na coluna, glúteo, perna ou planta do pé.
  2. Sensação de queimação, fisgada ou perna cansada.
  3. Fraqueza em uma ou em ambas as pernas.
  4. Dor que piora ao ficar muito tempo parado.
  5. Dificuldade para caminhar ou ficar muito tempo na mesma posição.

Segundo a fisioterapeuta Marcelle Pinheiro, é comum que esses sintomas se coadunem com outros problemas, como alterações na coluna, hérnia de disco e artrose na coluna. A dor provocada pela inflamação no ciático começa na região lombar e pode estender-se até o dedão do pé. O ortopedista do Hospital Israelita Albert Einstein, Marcelo Wajchenberg, explica que: “O desconforto costuma melhorar quando requebramos o quadril para o lado. Quando nos esticamos, a dor volta com força total”.

Assim que os primeiros sintomas aparecerem, um ortopedista deve ser consultado, a fim de que sejam realizados exames de raio-X e ressonância magnética para identificar o que está comprimindo o nervo ciático.

nervo ciatico 2

Remédios naturais para aliviar a dor ciática ou do nervo ciático

Muitos são os remédios naturais ou tratamentos caseiros para aliviar a dor ciática. É recomendado que você siga e utilize todos eles para um alívio maior e até mesmo mais duradouro.

Compressa fria ou quente

A primeira forma e mais eficiente de aliviar a dor ciática ou no nervo ciático é através da utilização de compressas frias ou quentes. As compressas auxiliam no alívio da inflamação, reduzindo as dores musculares por deixá-los relaxados. Usar compressa fria será o suficiente para reduzir o inchaço, e a quente para relaxar a musculatura.

Cúrcuma ou açafrão

O açafrão (ou cúrcuma) possui propriedades anti-inflamatórias, por isso é um poderoso agente na luta contra a dor ciática ou do nervo ciático. Esta ação anti-inflamatória é graças ao componente curcumina presente no açafrão. Um chá simples que pode ser feito para ingestão ao menos três vezes ao dia é preparado com uma xícara de leite quente e uma colher de chá de açafrão. Pode ser adoçado a gosto.

Massagem no nervo ciático

A massagem feita preferencialmente por outra pessoa será fundamental no alívio da dor ciática. Isso pois a massagem ajudará a aliviar a tensão da área, relaxando o nervo ciático e garantindo que o mesmo desinflame aos poucos, reduzindo a dor quase que imediatamente. Se feita a massagem e depois aplicada uma das compressas já explicadas o resultado será garantido.

Exercícios

Exercícios físicos são essenciais para reduzir a dor ciática. Em geral, recomenda-se alongamentos simples, começando inicialmente com o corpo todo estirado sobre o chão, levantando as pernas uma de cada vez (levanta-se uma, deita-a, levanta-se a outra e assim por diante). Em seguida, pode-se também alongar o corpo ficando de joelhos no chão e inclinando levemente e vagarosamente as costas para frente até que a cabeça toque o chão.

Acupuntura para aliviar a dor ciática do nervo ciático

Esta arte oriental tem sido cada vez mais uma comprovada auxiliar no tratamento de dor ciática. É comum dizer que uma ou duas sessões de acupuntura são o suficiente para aliviar a dor ciática de uma vez por todas, garantindo um bem-estar definitivo.

Recomendações gerais

Como observamos, a dor ciática pode ser causada por muitos motivos, por isso é importante procurar um profissional de saúde assim que sentir os primeiros sintomas desta dor. Em casos graves como hérnia de disco um médico pode vir a recomendar até mesmo uma cirurgia para resolver os problemas do nervo ciático.

Prevenção da dor no nervo ciático

O médico Alexandre Elias explicou para M de Mulher como evitar uma inflamação no nervo ciático. Confira, a seguir, as orientações recomendadas pelo especialista:

  • Praticar atividade física tomando cuidado para não sobrecarregar a coluna vertebral.
  • Ao abaixar, dobre os joelhos, mantendo a coluna ereta. Utilize os braços caso necessite se apoiar em algum lugar.
  • Ao sentar-se, as costas devem ficar apoiadas no encosto da cadeira. Já os pés devem ficar totalmente apoiados no chão. O ideal é usar cadeira com braços.
  • Assim como a coluna, o pescoço deve permanecer sempre ereto. Isso é importante, principalmente, para quem fica horas na frente do computador.
  • Ande com a coluna ereta. Nunca olhe para o alto ou para baixo. O olhar deve mirar para a frente.
  • Evite dormir de bruços. Durma de lado com um travesseiro entre os joelhos. Se for deitar de barriga para cima, coloque um travesseiro embaixo dos joelhos.
  • Se você usa mochila, carregue o estritamente necessário para não sobrecarregar a coluna. Use sempre as duas alças.
  • Ao fazer compras no supermercado, divida o peso das sacolas nas duas mãos, a fim de não correr o risco de sobrecarregar apenas um dos lados do corpo.

A coluna é vital para o nosso bem-estar. É a partir dela que são feitas as conexões com o restante do nosso corpo. Por isso, esteja atento a essas orientações no seu dia a dia.

Talvez te interesse ler também:

DOR NAS PERNAS: COMO ALIVIAR COM REMÉDIOS NATURAIS

DOR NA CERVICAL: SINTOMAS E CAUSAS COMUNS

POR QUE O CORPO DÓI? CAUSAS EMOCIONAIS E OUTRAS CAUSAS

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
greenMe.com.br é uma revista brasileira online, de informação e opinião Editada também na Itália como greenMe.it
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest