Em apenas uma semana, casos de Covid dobram no mundo, impulsionados pela Ômicron

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Em 7 dias o número de pessoas diagnosticadas com Covid-19 dobrou em relação à semana anterior, impulsionado pela disseminação da variante Ômicron pelo planeta. Apesar disso, as mortes continuam em queda, mais um indício de que a pandemia está entrando em uma etapa menos letal.

A Ômicron foi responsável pela maioria dos 10,1 milhões de casos contabilizados entre 26 de dezembro e 2 de janeiro, contra 5,25 milhões na semana entre 19 e 25 de dezembro. O recorde semanal anterior de toda a pandemia, registrado no fim de abril do ano passado, era de 5,7 milhões, quase a metade do número atual.

O surto global levou ao cancelamento de dezenas de milhares de voos no fim de ano, ao fechamento de escritórios e a distúrbios nas cadeias de produção. Recorde de casos são vistos nos Estados Unidos, França e Austrália.

Apesar de uma parte desses aumentos poder ser creditada ao fatos dos países mais ricos testarem mais sua população, não podemos descartar a subnotificação. Como muitos hospitais e centros de testagem funcionaram em esquema de plantão na semana entre o Natal e o Ano Novo, podem ter atrasado a notificação dos casos.

A ótima notícia é que as morte continuam caindo: passaram de 45,2 mil para 43,2 mil nos últimos sete dias. o menor número desde outubro de 2020.

O novo momento da pandemia também é diferente devido à vacinação avançada: os inoculantes protegem contra casos graves e internações.

O Brasil registrou no domingo uma média móvel de 98 mortes diárias por Covid, 26% a menos do que há duas semanas. Os casos, por sua vez, cresceram 118% na mesma quinzena, chegando a uma média móvel de 7.628, segundo o consórcio dos veículos de imprensa.

Já a Argentina move o aumento de casos na América do Sul, com um aumento assustador: média 33,5 mil casos diários — há um mês, o número era inferior a 1,9 mil. As mortes continuam estáveis, inferiores a 25 por dia e uma fração das 788 vidas perdidas diariamente no início de outubro de 2020.

Fonte: oglobo

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Nascida e criada em São Paulo, é publicitária formada pela Faculdade Cásper Líbero e Master em Programação Neurolinguística. Trabalha como redatora publicitária, redatora de conteúdo e tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por animais e viagens, morou no Canadá e no Uruguai, e não dispensa uma oportunidade de conhecer novos lugares e culturas.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest