O que acontece com seu corpo quando você envelhece? A resposta foi encontrada em um… peixe

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

À medida que envelhecemos, nosso sistema imunológico funciona menos bem. Ficamos mais suscetíveis a infecções e as vacinas não funcionam mais com a mesma eficácia.

Um grupo de pesquisa liderado por Dario Riccardo Valenzano estudou se killifish sofrem com o envelhecimento do sistema imunológico.

O estudo

Os cientistas descobriram que, aos quatro meses de idade, os killifishes têm anticorpos menos diversos do que os peixes mais jovens, o que pode contribuir para uma diminuição geral da função imunológica.

O sistema imunológico deve responder constantemente a novos ataques de patógenos e lembrá-los de serem protegidos durante a próxima infecção. Para fazer isso, os linfócitos B constroem um repositório de informações e produzem uma variedade de anticorpos que podem reconhecer diretamente os patógenos.

Dario Riccardo Valenzano, que liderou o estudo, afirmou que:

É difícil estudar o sistema imunológico de um humano ao longo de sua vida, porque os humanos vivem muito. Além disso, em humanos, você só pode estudar anticorpos no sangue periférico, pois a obtenção de amostras de outros tecidos é problemática. Por esta razão, usamos killifish. Tem uma vida muito curta e podemos obter sondas de diferentes tecidos.

Killifish são os vertebrados de vida mais curta, que podem ser mantidos em laboratório. Vivem apenas três a quatro meses, envelhecem ao longo de um período de tempo e, nos últimos anos, tornaram-se foco de pesquisas sobre envelhecimento justamente por causa dessas características.

anticorpos

©Max Planck Institute for Biology of Ageing

Os pesquisadores conseguiram caracterizar todos os anticorpos produzidos pelo killifish com alta precisão. Eles descobriram que os peixes mais velhos tinham menos diversidade geral de anticorpos do que os peixes mais jovens.

Assim, de acordo com os estudiosos, se temos menos anticorpos diferentes à medida que envelhecemos, consequentemente temos uma capacidade reduzida de responder a infecções.

Agora o objetivo é investigar melhor por que os linfócitos B perdem sua capacidade de produzir anticorpos diferentes e se eles podem eventualmente ser rejuvenescidos no killifish e assim recuperar essa capacidade que foi perdida com o tempo.

Fonte: eLife

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Graduada em Línguas e Civilizações Orientais pela Universidade de Roma La Sapienza. Possui vários anos de experiência em comunicação digital. Apaixonada por beleza, fitness, bem-estar e moda sustentável.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest