Câncer de pâncreas: Este sinal em suas fezes pode ser um alerta que não deve ser subestimado

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

O câncer de pâncreas é um dos cânceres mais mortais. Estima-se que cerca de 75% dos pacientes diagnosticados morrem dentro de um ano após o diagnóstico, e apenas um em cada dez pode sobreviver por cinco ou mais anos. Consequentemente, é vital conhecer seus sintomas e sinais de alerta para que possa ser identificado e tratado o mais rápido possível.

Sintomas de câncer de pâncreas

Pode levar muito tempo até que os pacientes com câncer de pâncreas comecem a apresentar sintomas, portanto, quando diagnosticado, o câncer pode já ter se desenvolvido extensivamente. Quanto mais tarde ele for diagnosticado, mais difícil será curá-lo. Os sintomas do câncer de pâncreas podem aparecer de várias maneiras, incluindo fezes.

Um dos sintomas do câncer de pâncreas é a icterícia, que é quando a pele começa a adquirir uma cor amarelada e é criada quando a saída da bile para o intestino é impedida. Como resultado, as fezes podem ser difíceis de passar e podem ser de cor clara e espumosas, esta condição é conhecida como esteatorreia.

Outros sintomas que ocorrem com icterícia são:

  • amarelecimento da pele e da parte branca dos olhos,
  • comichão na pele,
  • urina amarela escura.

Mas a icterícia não é o único sintoma de câncer de pâncreas. As pessoas também podem começar a sentir dor na região abdominal e nas costas. Outros sintomas a serem observados são:

  • perda de peso,
  • fraqueza,
  • perda de apetite,
  • indigestão,
  • sensação de inchaço após as refeições,
  • ter diarreia ou alteração dos hábitos intestinais (também um sintoma de câncer de intestino),
  • cansaço,
  • de repente sofre de diabetes,
  • desenvolver coágulos sanguíneos nas pernas.

É claro que a maioria desses sintomas nem sempre é causada pelo câncer de pâncreas, mas fazer um exame médico é sempre uma boa precaução.

Fonte:  MacMillan Cancer Support

 

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Após terminar o bacharelado e o mestrado em tradução, tornou-se jornalista ambiental. Ganhou o prêmio jornalístico “Lidia Giordani”.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest