Criaram novos antibióticos a partir de resíduos plásticos no mar: os resultados surpreendentes de um novo estudo

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

De acordo com um novo estudo, liderado por uma equipe da Universidade Nacional em colaboração com a Scripps Institution of Oceanography, a poluição plástica nos oceanos pode ser positiva em pelo menos um aspecto.

Que? Os resíduos plásticos, ou melhor, as bactérias que vivem neles, podem se tornar uma fonte para a criação de novos antibióticos.  

Resíduos plásticos de vários tipos estão sendo descobertos em locais cada vez mais remotos ao redor do mundo e os cientistas estão trabalhando duro para tentar encontrar novas maneiras de descartar esse tipo de resíduo, que está literalmente envenenando a terra e o mar.

Mas há também uma nova área de pesquisa que está examinando como as bactérias que vivem nos detritos plásticos nos oceanos podem fornecer uma nova base para a criação dos antibióticos do futuro.

Os cientistas estimam que entre 5 e 13 milhões de toneladas de plástico chegam aos oceanos a cada ano. Falamos não apenas de grandes detritos flutuantes, garrafas ou similares, mas também dos conhecidos microplásticos.

No plástico disperso nos oceanos, no entanto, microrganismos interessantes e potencialmente úteis também podem ser encontrados no combate à resistência aos antibióticos.

Para investigar esse tipo de potencial na poluição marinha, os pesquisadores incubaram plásticos de polietileno de alta e baixa densidade (o tipo comumente visto em sacolas de supermercado) na água perto do Scripps Pier em La Jolla, Califórnia, por 90 dias.

No final do tempo definido, os pesquisadores isolaram 5 bactérias produtoras de antibióticos do plástico oceânico, incluindo cepas de Bacillus , Phaeobacter e Vibrio . Eles então testaram as bactérias isoladas contra uma variedade de alvos Gram positivos e negativos, descobrindo que também eram eficazes contra 2 cepas resistentes a antibióticos.

A principal autora do estudo, Andrea Price, da Universidade Nacional, disse:

Considerando a atual crise de antibióticos e o surgimento de superbactérias, é essencial buscar fontes alternativas de novos antibióticos. Esperamos expandir este projeto e caracterizar ainda mais os micróbios e antibióticos que eles produzem.

Preferimos que o plástico nos oceanos não estivesse lá, mas como se sabe com tristeza que o mar está agora invadido, pelo menos este estudo conseguiu encontrar alguma utilidade. Mas tudo ainda está para ser confirmado.

pesquisa, ainda a ser revisada por pares, foi apresentada na conferência da Sociedade Americana de Microbiologia, que terminou hoje em Washington.

Fonte: Sociedade Americana de Microbiologia 

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest