Síndrome de Capgras: a ilusão de acreditar que parentes e amigos foram substituídos por sósias

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Você já ouviu falar da síndrome de Capgras? Foi o médico francês Joseph Capgras quem o descreveu pela primeira vez, relatando o caso de uma paciente que acreditava que seu marido e familiares haviam sido substituídos por dublês reais.

Inicialmente o médico chamou de “Illusion des sosies”, mas depois foi chamado como o conhecemos hoje. Vamos descobrir o que é, quais são as causas e os principais sintomas.

O que é Síndrome de Capgras

As pessoas que sofrem da síndrome de Capgras se convencem de que os membros da família, ou outras pessoas do seu círculo, são clones ou sósias, notando toda uma série de comportamentos suspeitos, que diferem em sua opinião daqueles da família/amigos reais. Assim, enquanto reconhecem seus entes queridos em um nível visual, eles estão convencidos de que são impostores.

A doença, como explica este estudo, é uma síndrome delirante de identificação errônea e tende a persistir ao longo do tempo, apesar das evidências em contrário. Aparentemente aparece em casos psiquiátricos e não psiquiátricos, incluindo pacientes com danos cerebrais. 

Síndrome de Capgras: causas

Aparentemente, a síndrome de Capgras está relacionada a distúrbios do tipo psiquiátrico, mas as causas ainda não são totalmente compreendidas e podem incluir condições adicionais, de acordo com os pesquisadores. Sem excluir qualquer lesão cerebral orgânica ou degenerativa.

Síndrome de Capgras: sintomas

Além da identificação errônea, que é o principal sintoma da síndrome de Capgras, outros podem aparecer, incluindo agitação e agressão aos supostos dublês.

Sintomas que, por sua vez, podem causar conflitos intrapessoais e interpessoais, afetando negativamente as relações sociais, que tendem a ser escassas.

Sem contar que os sujeitos com esse transtorno, de acordo com os dados relatados pela pesquisa, são mais propensos a automutilação e violência.

 

FONTE: Biblioteca Nacional de Medicina

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Graduada em Ciências do Patrimônio Cultural, editora web desde 2008 e ilustradora desde 2018, publicou "O sonho no tempo" para a Editore Giochidimagia. Com SpiceLapis ela criou "Memento Mori, um guia ilustrado para os cemitérios mais bizarros do mundo".
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest