Violência psicológica: 5 sinais para saber se estão manipulando você

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Você certamente já ouviu falar de manipulação psicológica, mas o que exatamente é isso? A terapeuta californiana e coach de vida Sharie Stines , especializada em abuso e relacionamentos tóxicos, explicou à Time que é ” uma estratégia emocionalmente prejudicial, usada por pessoas incapazes de pedir diretamente  o que querem e precisam “.

George K. Simon também trata do assunto há muito tempo, dedicando-lhe o livro “ Em pele de ovelha: Compreendendo e lidando com pessoas manipuladoras “. A psicóloga Harriet B. Braiker, autora de livros temáticos, incluindo ” Quem está puxando suas cordas?: Como quebrar o ciclo de manipulação e recuperar o controle de sua vida “, também é especialista em manipuladores.

Inspirando-nos em seus livros e nas sugestões que eles fornecem, identificamos 5 sinais (que obviamente não são os únicos) para entender se alguém está manipulando você.

Te enche de falsos elogios

De acordo com Harriet B. Braiker, os manipuladores costumam recorrer a elogios, mas são elogios falsos e superficiais. Se você notar sorrisos forçados e atenção que parece excessiva para você, pode estar lidando com um deles. Obviamente depende dos casos e do tipo de vínculo que você tem com a pessoa, mas é melhor tomar cuidado. Com que propósito eles fazem isso? Para ganhar sua confiança e vínculo.

Aproveita seus medos para induzi-lo a fazer ou não fazer algo

Intimidação, ameaças, palavrões são típicos do manipulador “valentão”, como Sharie Stines o define. O objetivo? Certificar-se de que a vítima não o contradiz e/ou força-la a fazer ou não fazer algo com base no medo.

Faz você se sentir culpado, embora você não devesse

A psicóloga Harriet B. Braiker destaca, entre as atitudes típicas do manipulador, a chantagem emocional que faz com que a vítima se sinta culpada mesmo que não tenha motivo. Ou ter medo de alguma coisa. Este tipo de manipulador, que Sharie Stines define como “vítima”, usa as ameaças de forma menos direta e mais sutil do que o “valentão”, embora a finalidade seja a mesma. Estar no controle!

Outra tática usada para fazer o outro se sentir culpado é distorcer as palavras da vítima, desviando a conversa a seu gosto ou fazendo-a sentir que fez algo errado. Despertando assim um falso sentimento de culpa ou defesa. Na verdade, os manipuladores sempre culpam e nunca assumem a responsabilidade, argumenta Stines.

Se você não compartilha da opinião dele, ele pode reagir com severidade incomum

O manipulador não gosta de ser contestado e, embora tenda a escondê-lo, pode ser facilmente exposto. Basta declarar abertamente um ponto de vista diferente do seu para desencadear a raiva. Que poderia desabafar tanto com força quanto usando a arma da ironia. Uma ironia de mau gosto decididamente.

Ele faz favores apenas para receber algo em troca

O manipulador não faz favores por generosidade, mas por ganho pessoal. Em qualquer relacionamento, seja sentimental ou de amizade, ele não dá nada, exceto para receber algo em troca, não necessariamente algo material.

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Jornalista freelance com especialização em editoração, comunicação, multimídia e jornalismo. Em 2011 ganhou o prêmio Dear Director e em 2013 recebeu o prêmio Jounalists in the Grass, devido à sua entrevista com Luca Parmitano.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest