Como saber se você é uma pessoa tóxica

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Uma pessoa tóxica é aquela que “gera negatividade” em outras pessoas em um determinado momento, mas que, em outros, irradia positividade. Mas a questão é que na verdade a pessoa tóxia nem sempre é a outra. Podemos ser nós mesmos.

E como não ser uma pessoa tóxica? Temos que curar nossas feridas emocionais para que possamos ter boas relações interpessoais, ao invés de enxergar sempre o pior no outro, ou invejar a vida alheia por se sentir amargurado com a nossa própria.

A pessoa tem que se conhecer, fazer um autodiagnóstico pessoal. Deve perguntar a si mesma: as pessoas gostam de mim ou se afastam? Eu deixo as pessoas mais felizes? Elas ficam tensas perto de mim? Sou agradecida pelo que tenho? O que mais gosto do meu jeito de ser? O que me irrita em minha personalidade?

Se as respostas se virarem contra você, provavelmente não é mania de perseguição e você não é a vítima. Você é a pessoa tóxica.

Características de pessoas tóxicas

Pergunte a si mesmo: sou egoísta? Insisto em que façam o que eu quero? Tenho de ser o centro de tudo? Tenho dificuldade para ser empático, não ouço os outros porque não me interessa? As coisas têm que ser do meu jeito? quero controlar as pessoas? Se as respostas forem sim, talvez sua atitude esteja afetando de forma tóxica outra pessoa.

Existem dois tipos principais de pessoas tóxicas: os reclamões e os amargurados. Podem até ser engraçados nas redes sociais, mas na vida real são bastante insuportáveis.

O reclamão é fácil de distinguir. Nunca está feliz, nada o agrada. Tudo tem um defeito. “Tá muito frio”, “tá muito quente”, “tem muita gente”, “isso é chato”. Sempre tem algo negativo para falar de algo ou alguém. Vê a vida nublada, triste.

Os reclamões também assumem papel de vítima. Têm desculpa para tudo, todos estão contra ele. Tudo é contado de forma dramática, tudo aconteceu pior com ele. É o drama que dá energia para eles.

O amargurado é quem pensa – mesmo sem perceber – que a vida dele é ruim, que está apagado e por isso também apagará os outros. Se ele não tem coragem de fazer algo da vida, vai criticar quem tem.  Você é amargurado quando chega a uma reunião e a contagia com angústia. O ruim é que a amargura se retroalimenta e há grupos de amargurados que se formam para se amargurar ainda mais. Para saber se você é um deles, pergunte-se como as pessoas estão antes de você chegar e como ficam quando você vai embora. Se ficarem pior, você está espalhando toxicidade.

As pessoas tóxicas levam a liberdade de opinião a outro nivel. O nível em que acham que podem ofender e falar o que quiserem. Usam até a frase “sou sincero” como desculpa. Essas pessoas deixam as outras exaustas e, além disso, essa atitude costuma ser considerada falta de educação.

Fonte: elpaisbrasil

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Nascida e criada em São Paulo, é publicitária formada pela Faculdade Cásper Líbero e Master em Programação Neurolinguística. Trabalha como redatora publicitária, redatora de conteúdo e tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por animais e viagens, morou no Canadá e no Uruguai, e não dispensa uma oportunidade de conhecer novos lugares e culturas.
Você está no Facebook?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Facebook
Siga no Pinterest